Rádio ACE
  16 de novembro de 2020

SEJA RÁPIDO E TENTE COMPLETAR… PARTE III

                                                                                   José Carlos Buch

Através dos dois artigos anteriores, o leitor, sem se dar conta, pode constatar que  126 provérbios eram do seu conhecimento. Outros foram pesquisados e lembrados, o que permitiu totalizar o número expressivo de 202 provérbios, considerando as duas relações já publicadas. Todos eles foram consolidados,  dispostos em  ordem alfabética e agora podem ser conhecidos no site da coluna acessando o campo artigos/lista de provérbios. Há, ainda, a opção de solicitar a relação através do e-mail, como também sugerir novos. Provavelmente é a única publicação a reunir um número tão significativo de provérbios populares que exigem determinada fração de cognição para identificá-los e,  tudo começou com uma simples mensagem que viralizou no WhatSapp, divulgado por senhora simples. A coluna de hoje traz mais 76 adágios populares para o leitor continuar a fazer exercício de neuróbica, sem a pretensão, evidentemente,  de esgotar o assunto, pois seguramente muitos outros poderão ser lembrados.  Vamos a eles: Álcool não combina…; A cobra vai…; Aqui se faz…; A corda sempre…; A fé…; A ocasião…; Amarrar o burro…; Amigos, amigos…; A justiça é…; A justiça tarda…; Azar no jogo…; Beleza não se…; Burro velho…; Cada cabeça…; Cada um por si…;  Cobra que não…; Chuva e sol….; Deus dá o frio…; Devagar com o andor…; Desgraça pouca…; Do couro…; Dinheiro não traz…; É errando…; Enquanto há vida…; Em casa onde falta pão…; Faça chuva ou…; Falem mal…; Há males que…; Lobo com…; Lobo perde o pelo…; Mãe é…; Mente vazia…; Muita trovoada é sinal….; Nem tanto mar…; Nem tudo que cai na…; Nem tudo são…; Não adianta querer tapar….; Não basta ser pai…; Não deixe para amanhã…; Não ponha a carroça…; Nos pequenos frascos…; O bom filho…; O cão é o melhor…; O mundo é…; O pior surdo…; O segredo é a…; Perguntar não…; Promessa é…; Quando a esmola…; Quando a cabeça não…; Quando o gato sai…; Quando um não…; Quem dá aos pobres…; Quem desdenha…; Quem cala…; Quem é vivo…; Quem fala muito dá…; Quem não arrisca…; Quem não pode dar pão…; Quem nasceu pra ser lagartixa…; Quem nunca comeu melado…; Quem procura…; Rapadura é doce, mas…; Rico…; Rir é o…; Roupa suja…;  Se conselho fosse…; Se beber…; Tanto faz…; Tudo tem solução…; Um homem prevenido…; Um gesto vale mais…; Uma mão…; Um raio não cai…; Vamos pra frente que…; Vazo ruim… Ufahhhh.  Se você conseguiu acertar todos, parabéns, você com certeza tem mais de 50 anos, muita experiência e boa memória. Se você errou até três, contente-se, ninguém é obrigado a saber tudo, não é mesmo? Contudo, se você errou mais de três, de duas uma:  ou você tem menos de 50 ou precisa praticar mais a neuróbica, começando por se lembrar de outros provérbios que não foram listados. (Este artigo é dedicado ao Padre Sylvio Fernando Ferreira, às vésperas de sua merecida aposentadoria,  após 51 anos de incansáveis serviços  prestados à comunidade, como pároco da Igreja Matriz de São Domingos).

                                                                       www.buchadvocacia.com.br

                                                                       buch@buchadvocacia.com.br

VEJA MAIS

1 de setembro de 2023
Vídeo Institucional ACE 2023

12 de junho de 2023
MESA PODCAST #29 – ORAL UNIC

1 de junho de 2023
MESA PODCAST- #27 UNIFIPA



Top