você está em » Artigos
Data de Publicação: 08/12/2016
APRENDENDO NO ANO NOVO

José Carlos Buch

 

Há mais de 500 anos William Shakespeare(Reino Unido 1564 – 1616), escreveu algumas sábias lições que merecem uma reflexão para o desafiador novo ano que, daqui a poucovai despontar no horizonte  trazendo as mesmas incertezas de outrora, mas também umoásis de esperança. – EU APRENDI,que a melhor sala de aula do mundo está aos pés deuma pessoa mais velha;que quanto menos tempo tenho, mais coisas consigo fazer;que ter uma criança adormecida em seus braços é um dosmomentos mais pacíficos do mundo;que só se deve dar conselho em duas ocasiões: Quando é pedido ou quando é caso de vida ou morte.EU APRENDI,que eu sempre posso rezar por alguém quando não posso ajudá-lo de alguma forma; que não importa quanta seriedade a vida exija de você, cadaum de nós precisa de um amigo brincalhão para se divertir junto;que dinheiro não compra “classe”;que são os pequenos acontecimentos diários que tornama vida espetacular;que debaixo da “casca grossa” existe uma pessoa que desejaser apreciada e amada, e não sabe se manifestar.EU APRENDI,que se Deus não fez tudo num só dia,o que me faz pensar que eu possa?Que ninguém é perfeito até que você se apaixone poressa pessoa;que eu gostaria de ter dito a minha mãe que a amava,uma vez mais, antes dela morrer;que as oportunidades nunca são perdidas, alguém vaiaproveitar as que você perdeu;que um sorriso é a maneira mais barata de melhorarsua aparência. Finalmente, EU APRENDI,que quando você planeja se nivelar com alguém, apenas estápermitindo que essa pessoa continue a magoar você.” – Esse maravilhoso texto existe há mais de cinco séculos e se revela tão atual como o será sempre. E, como a vida é um eterno aprendizado, fica a mensagem de esperança, mas do verbo esperançar,para  2017. Feliz ano novo!

 

advogado tributário

www.buchadvocacia.com.br

www.buchbook.blogspot.com        

buch@buchadvocacia.com.br

 

 

VEJA TAMBÉM
A CIDADE VISTA DO ALTO II
EDUCAÇÃO, ÉTICA, CARÁTER E DIGNIDADE
MOHAMED BZEEK, PAI DE CRIANÇAS TERMINAIS
IMPOSTOS EM PROMOÇÃO
O APITO DO TREM
TELEMARKETING INCOVENIENTE
A ORIGEM DA CACHAÇA E DA EXPRESSÃO “MERDA” NO TEATRO
A DOENÇA DO SUOR E A HISTÓRIA DE ANA BOLENA
BASTA!
PÁSCOA
Copyright © Ace Catanduva2016