você está em » Notícias
Data de Publicação: 30/03/2017
Demanda do consumidor por crédito cai 7,2% em fevereiro, aponta Serasa Experian

Demanda do consumidor por crédito cai 7,2% em fevereiroaponta Serasa Experian

Recuos foram maiores no Sul e Sudeste

De acordo com Indicador Serasa Experian da Demanda do Consumidor por Crédito, a quantidade de pessoas que buscou crédito caiu 7,2% em fevereiro/17 na comparação com janeiro/17. Já em relação ao mesmo mês do ano passado (fev/16), a demanda do consumidor por crédito recuou 4,7%.

De acordo com os economistas da Serasa Experian, o feriado do carnaval prejudicou a procura do consumidor por crédito em fevereiro/17 na comparação com janeiro/17, como também em relação a fevereiro do ano passado já que, por ter sido ano bissexto, fevereiro de 2016 teve um dia útil a mais que fevereiro deste ano. Fazendo o ajuste por dias úteis, a demanda do consumidor por crédito em fevereiro/17 teria ficado estável em relação a fevereiro/16, o que mostra ainda uma demanda por crédito enfraquecida por parte do consumidor.

Análise por classe de renda pessoal mensal

Para os que ganham até R$ 500, a queda da demanda por crédito em fevereiro/17 foi de 3,5%. Para os consumidores com renda mensal entre R$ 500 e R$ 1.000, a baixa foi de 6,2%. Para a renda mensal entre R$ 1.000 e R$ 2.000, o recuo foi de 8,4%. Já os consumidores com renda mensal entre R$ 2.000 e R$ 5.000, a queda foi de 8,6%. Já para os que ganham entre R$ 5.000 e R$ 10.000 por mês, a redução foi de 8,5% e, por fim, para a renda mensal maior que R$ 10.000, a retração na procura por crédito foi de 7,7% em fevereiro de 2017.

Na comparação com o mesmo mês do ano passado, a procura do consumidor por crédito caiu 1,1% para quem recebe até R$ 500 por mês; recuou 2,9% para quem ganha entre R$ 500 e R$ 1.000 mensais; e tombou 5,9% para os que recebem entre R$ 1.000 e R$ 2.000 por mês. Já nas rendas mais altas, as oscilações negativas na procura por crédito em fevereiro/17 na comparação com fevereiro/16 foram: -7,5% para a faixa de renda entre R$ 2.000 e R$ 5.000 mensais; -8,4% para o consumidor com renda entre R$ 5.000 e R$ 10.000 por mês como e -7,8% para quem ganha mais de R$ 10.000.

Análise por região

O recuo da demanda por crédito em fevereiro/17 ocorreu eu todas as regiões do país. Na Região Sudeste, a retração foi a maior: -9,8% em relação a janeiro/17. No Sul a queda foi de 7,1%. No Centro-Oeste a queda foi de 4,9%. No Nordeste, o recuo foi de 2,3%. Já no Norte, a queda na demanda do consumidor por crédito no primeiro mês deste ano foi de 3,5% em relação a janeiro/17.

Na comparação interanual, isto é, fevereiro/17 contra fevereiro/16, houve recuo da demanda por crédito no Norte (-3,3%); Centro-Oeste (-3,8%), Sudeste (-7,7%) e Sul (-4,1%). Na direção contrária, houve avanço na demanda do consumidor por crédito no Nordeste (+3,0%).

A série histórica deste indicador está disponível em

http://www.serasaexperian.com.br/release/indicadores/demanda_pf_credito.htm

Metodologia do indicador

Indicador Serasa Experian da Demanda do Consumidor por Crédito é construído a partir de uma amostra significativa de CPFs, consultados mensalmente na base de dados da Serasa Experian. A quantidade de CPFs consultados, especificamente nas transações que configuram alguma relação creditícia entre os consumidores e instituições do sistema financeiro ou empresas não financeiras, é transformada em número índice (média de 2008 = 100). O indicador é segmentado por região geográfica e por classe de rendimento mensal.

VEJA TAMBÉM
Arrecadação tributária chega a R$ 200 bilhões nesta sexta-feira
Associação Comercial firma parceria com Sindicato Rural para realização de Certificado Digital
10 dicas para Comprar o Material Escolar do seu Filho
Cinco motivos para pertencer a uma Associação Comercial e Empresarial
Lojas Participantes "Natal Premiado"
6 perguntas e respostas sobre empreendedorismo digital
Prefeitura incentiva capacitação de MEIs para reduzir ‘mortalidade’
Cinco dicas para vender mais no mês das festas juninas
Reunião Deve Traçar Metas Para Catanduva se Tornar Estância Turística
Solidariedade: 20 instituições de Catanduva se únem e lançam o Espaço da Mulher!
Copyright © Ace Catanduva2016